sexta-feira, 9 de março de 2018

Segurança - 5 coisas que você precisa evitar ao criar uma nova senha



Associação de Consumidores, Proteste listou alguns cuidados e dicas para criar senhas mais fortes
A Proteste, Associação de Consumidores, fez um alerta para os consumidores sobre ataques na internet, em específico aos cuidados com senhas.
De acordo com os dados publicados pela cam­panha do Dia Mundial da Senha, 90% das senhas criadas hoje em dia, são fáceis de serem descobertas por crackers, como são conhecidos os hackers para tentar roubar senhas.
As mais comuns são: 123456, senha, deus, ninja, combinações com no­mes, sobrenomes e até mesmo datas de aniversário, números de telefone e documentos de identificação.
Segundo o Relatório de Informações de Segurança Cibernética do Norton, o Brasil está entre os cinco países que mais sofrem crimes cibernéticos. Somente em 2016 os ataques chegaram a 42,4 milhões de pessoas afetadas, e o prejuízo total chegou a US$ 10,3 bilhões — R$ 31 bilhões. Ataques de malware são os tipos mais comuns.
Manter uma senha segura pode resolver os problemas dos mais simples aos mais complicados. Em caso de uma invasão ao e-mail pessoal, informações pessoais estariam comprometidas, assim o como o recuso “esqueci a senha” poderia ser utilizado para diferentes acessos.
Como criar senhas mais fortes
1. Crie frases
A associação recomenda que sejam criadas frases, utilizando a quantidade má­xima possível de caracteres ou, pelo menos, 16 caracteres. É imprescindível escolher frases por se tratar de algo fácil de lembrar, em vez de siglas ou datas, além de ter a opção de mesclar letras maiúsculas e minúsculas, alguns números e até caracteres especiais, como pontos de exclamação e arrobas, por exemplo. Seguindo essas orientações, uma senha segura seria: EuSaioDeCasaAs7e30 ou Euvistocalça40ou42. Lembrando que é só um exemplo, cada um precisa personalizar sua própria senha.
2. Não utilize a mesma senha
Jamais uti­lize a mesma senha para contas de e-mail, redes sociais, acessos ao Internet Banking e em cadastros de lojas virtuais. Para não se confundir, utilize um gerenciador de senhas. Por último e não menos importante, a Proteste aconselha a mudança da senha de três em três meses.
3. Não use senhas óbvias
Datas de aniversário, por exemplo, são frequentes e por isso as mais fáceis de serem quebradas. Da mesma forma, quanto menor for a senha, mais fácil ela poderá ser descoberta. Sequências numéricas óbvias como 123456, 654321 e qwerty, ou combinações como abc123, são as mais utilizadas. Outras senhas óbvias são nome dos familiares e de animais de estimação e informações como clube de futebol favorito são dados fáceis de serem obtidos nas redes sociais.
4. Combinações nem sempre são uma boa pedida
A combinação das iniciais do próprio nome e sobrenome e alguma sequência numérica, como data de nascimento, devem ser evitadas.
5. Senhas devem ser secretas
Depois de criada uma senha forte, evite conta-la a alguém e evite utilizar ela em computadores com rede aberta (como a de uma lan house ) ou de pessoas desconhecidas.

fonte: http://idgnow.com.br/internet/2018/03/09/5-coisas-que-voce-precisa-evitar-ao-criar-uma-nova-senha/

Nenhum comentário:

Postar um comentário